Reese Witherspoon já havia mostrado ser uma comediante competente com o simpático Legalmente Loira. Vince Vaughn – ainda assombrado pelo estigma de Norman Bates na refilmagem desnecessária de Psicose -, também. Após despontar com o inesperado (e bom) Penetras Bons de Bico, cravou sua estrela como um ótimo comediante norte-americano, ao lado de nomes como Ben Stiller, Will Ferrel e Steve Carrel.

surpresas-do-amor

O encontro dos dois era uma receita que poderia ter dado muito certo, porém, o resultado foi mediano. Em Surpresas do Amor, o casal se une pela primeira vez para contar a história de Brad e Kate, um casal boa-vida que aproveita para fugir de suas respectivas famílias durante o Natal.

As desculpas esfarrapadas dadas aos pais caem por terra quando são entrevistados durante o cancelamento de um voo que os levaria para um lugar com muita sombra e água fresca.

surpresas_do_amor_2008_g

Obrigados a enfrentar as famílias – cada um com seu jeito peculiar, para não dizer insano – eles vão colocar o relacionamento à prova durante as quatro visitas (papai e mamãe de cada um deles).
Com um elenco secundário de peso, como Robert Duvall, Sissy Spacek e Jon Voight, o filme arranca poucas risadas com o humor, muitas vezes, grosseiro.

surpresas-do-amor31

Os veteranos nada têm a fazer, exceto desfilar bizarrices de suas vidas familiares, enquanto constrangem o casal Brad-Kate. Whiterspoon, vencedora do Oscar por Johnny e June, que consegue salvar a película com sua meiguice natural, alia-se a Vaughn, com seu jeito de ator pastelão sexy e criam uma química que funciona, apesar dos pesares.

O final, que ainda abre espaço para dramas no relacionamento do casal, é previsível e dá margens para uma, mais que certa, sequência. Esperemos que a estréia se dê, pelo menos, durante o Natal. Quem sabe, assim, a continuação empolgue mais que o original…

Anúncios