Woody Allen é Woody Allen. Dizem que é como pizza, sexo e Almodóvar: mesmo quando é ruim, é bom. Concordo em gênero, número e qualidade cinematográfica.

Saindo um pouco dos seus temas de humor sarcástico que o consagrou nos anos 70, 80 e 90, o diretor lançou, recentemente, filmes mais sérios como Match Point e O sonho de Cassandra. Mesmo suas tentativas de unir comédia e drama, como Melinda e Melinda e Scoop deixaram seus fãs ansiosos por uma comédia. Não que fossem filmes ruins, muito pelo contrário. Foram filmes ótimos, porém não nos davam a impressão de que aquele adorável franzino de óculos estivesse por detrás das câmeras.

Vicky Cristina Barcelona

Chega, então, o lançamento de Vicky Cristina Barcelona. Pronto, Woody Allen – mesmo deixando sua Nova York para trás -, estava de volta com uma comédia ao seu molde: diálogos afiados, situações hilárias e uma direção segura.

A história desenrola uma teia de relacionamentos amorosos que envolvem o sedutor espanhol Juan Antonio (Javier Bardem) e duas turistas de férias em Barcelona, Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson). Já considerado um dos filmes mais sensuais do diretor, o elenco ganha ainda mais força quando entra em cena Maria Elena (Penélope Cruz, fantástica), no papel da ex-mulher de Juan Antonio.

penelope-vicky.cristina

Construindo cada personagem minuciosamente, Allen nos entrega, mais uma vez, diálogos gostosos de acompanhar, em que nos deixamos levar por aquele redemoinho de paixões, brigas e muito humor que não sabemos como irá terminar.

Bardem, com seu costumeiro charme aflorado, é muito bem acompanhado por uma deliciosamente histérica Penélope Cruz, laureada com o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Johansson une sua sensual inocência já demonstrada em Encontros e Desencontros à sensatez e beleza de Rebecca Hall, que se divide entre um relacionamento estável e a deliciosa paixão que sente pelo personagem de Juan Antonio.

vicky-cristina-barcelona1

Barcelona ganha espaço no título da película por recepcionar tais personagens com suas belas paisagens, que servem de pano de fundo para uma história de amor, paixão e, claro, muita sensualidade.

Merece ser visto com um olhar fixo na tela, os ouvidos atentos aos diálogos e muita água na boca.

Anúncios